Ibrahimovic marcou os dois golos do Inter no triunfo frente à Fiorentina (2-0). José Mourinho já não assistiu ao segundo tento do avançado sueco, um remate portentoso na cobrança de um livre directo.

«Não se percebeu o motivo da expulsão. O árbitro decidiu deixar Mourinho fora das entrevistas. Não fez nada de especial», disse Baresi, adjunto do técnico português.