O Atlético Madrid chegou esta terça-feira a Astana numa altura em que o mercúrio dos termómetros marcava 11 graus negativos. «Talvez o frio possa afetar o Atlético Madrid. Podemos abrir o teto um pouco para tornar as coisas mais complicadas para eles», destacou o treinador búlgaro na habitual conferência de imprensa de antevisão do jogo e que anunciou que, desta vez, vai jogar a melhor equipa.

 

O Atlético Madrid partilha a liderança do Grupo C com o Benfica, com 6 pontos, enquanto o Astana soma apenas um ponto, arrancado em casa ao Galatasaray (2-2). «Sim, o Atlético é favorito, mas no futebol pode acontecer muita coisa. Eles tiveram uma viagem longa até aqui e sabemos como é difícil, porque já a fizemos», destacou ainda o treinador em alusão à viajem da equipa cazaque a Madrid, onde o Asatana acabou goleado na última ronda (0-4).

 

O Benfica já recebeu o Astana na Luz (2-0), mas também vai ainda ter de viajar para a longínqua cidade do Cazaquistão, num jogo que está marcado para 25 de novembro, altura em que o inverno naquela zona do globo deverá ser ainda mãos rigoroso.