Em Camp Nou a grande figura da partida foi Neymar. O brasileiro bisou no encontro, primeiro aos 30 minutos, de grande penalidade e já perto do final, aos 83, selou o triunfo dos catalães. Pelo meio, o avançado fez ainda a assistência para o golo de Suárez, aos 60.

FICHA DO JOGO

Do jogo com os bielorrussos resultou mais uma baixa no plantel blaugrana. Ivan Rakitic saiu lesionado aos 20 minutos e deve ficar afastado da competição no próximo mês, com suspeitas de lesão muscular.

O médio croata foi  a quarta baixa por lesão no Barcelona, resultante de jogos da Champions. Esta época, o técnico Luís Enrique já tinha perdido Rafinha frente à Roma, Iniesta com o Leverkusen, e Sergi Roberto no encontro da primeira mão na Bielorrússia.

O empate na outra partida garantia desde logo o apuramento dos catalães para a próxima fase, mas um golo tardio da Roma deitou abaixo os planos da festa.

RESULTADOS E CLASSIFICAÇÕES

Ainda assim, o Barcelona está muito próximo de garantir a qualificação, liderando o grupo com 10 pontos, mais cinco que a Roma.

ROMA-LEVERKUSEN

Na outra partida do grupo, a Roma venceu em casa o Bayer Leverkusen por 3-2.

No Olímpico de Roma, Mohamed Salah abriu o marcador logo aos 2 minutos de jogo, após assistência de Dzeko. O mesmo Dzeko, aos 29, dilatou a vantagem para a equipa romana, resultado com o qual terminou o primeiro tempo.

Na segunda parte surgiu a resposta dos germânicos. Mehmedi, aos 46, e Chicharito, aos 51, restabeleceram a igualdade na partida.

Quando tudo apontava para um empate, Pjanic fez o terceiro para a equipa da casa, aos 80 minutos, na conversão de uma grande penalidade.

A vitória permite à Roma subir ao segundo lugar do grupo, com 5 pontos, mais um que o Leverkusen.