blues

«A vitória é um grande alívio. Os jogadores merecem esta compensação pelo trabalho duro que têm vindo a fazer. Muitos jogadores estão a chegar aos níveis normais. O 1-1 não teria sido um drama porque não tínhamos de vencer, mas a vitória foi importante de um ponto vista mental. Hoje fomos mentalmente fortes e continuamos a tentar após sofrermos o golo do empate. Tivemos confiança após um momento negativo», começou por dizer o técnico português.

Mourinho elogiou ainda a exibição de Willian frente aos ucranianos. O brasileiro marcou de livre, a sete minutos do apito final.

«Vários jogadores tiveram uma boa prestação, mas o Willian, mais do que todos, mereceu marcar o golo fantástico que nos deu a vitória», sublinhou.

Embora esteja a viver um período conturbado no Chelsea, o técnico disse ter sentido o apoio dos adeptos em Stamford Bridge.

«Quando regressei ao clube, na minha primeira partida em casa, todo o estádio entoou o meu nome. Mas, o que aconteceu hoje, não é comparável. Foi incrível. Sobretudo num momento em que os resultados não são os melhores e em que a imprensa pede constantemente a minha demissão. Os aplausos e os cânticos demonstram que me querem aqui, que me apreciam. Os adeptos mostram a sua paixão pelo clube. E apoiarem o treinador é uma forma de apoiarem o clube», frisou Mourinho.