O selecionador de Itália, Roberto Mancini, promoveu três estreias absolutas nos convocados da nação transalpina para o jogo ante Portugal, para a Liga dos Nações, bem como para o particular ante os Estados Unidos. Os médios Sensi e Tonali e o avançado Grifo aparecem pela primeira vez na seleção italiana.

A lista contempla 27 futebolistas para o embate ante Portugal, que se disputa a 17 de novembro, no estádio Giuseppe Meazza, em Milão, às 19h45 (hora de Portugal Continental).

Portugal lidera o grupo 3 da Liga A da Liga das Nações, com seis pontos. Tem mais dois que Itália, que soma quatro e mais cinco que a Polónia, última e já eliminada, com um ponto.

Itália tem obrigatoriamente de vencer Portugal para pensar na qualificação para a final a quatro. Caso aconteça, fica à espera que a seleção de Fernando Santos escorregue depois na receção à Polónia, dia 20, em Guimarães. Já a Portugal, um empate em Itália basta para o apuramento. Contudo, mesmo perdendo em Milão, Portugal poderá ainda retificar um eventual desaire ante os polacos para resgatar a vitória no grupo.

Itália joga depois ante os Estados Unidos, em Genk, na Bélgica, dia 20 de novembro.

Lista de convocados:

Guarda-redes: Alessio Cragno (Cagliari), Donnarumma (Milan), Sirigu (Torino);

Defesas: Biraghi (Fiorentina), Bonucci (Juventus), Chiellini (Juventus), De Sciglio (Juventus), Emerson (Chelsea), Florenzi (Roma), Romagnoli (Milan), Rugani (Juventus).

Médios: Barella (Cagliari), Gagliardini (Inter Milão), Jorginho (Chelsea), Pellegrini (Roma), Stefano Sensi (Sassuolo), Tonali (Brescia), Verratti (Paris SG);

Avançados: Berardi (Sassuolo), Bernardeschi (Juventus), Chiesa (Fiorentina), Grifo (Hoffenheim), Immobile (Lazio), Insigne (Nápoles), Lasagna (Udinese), Pavoletti (Cagliari), Politano (Inter Milão).