venceu o Académico de Viseu por 3-2

A equipa de Luís Castro teve uma entrada forte em campo e chegou à vantagem por intermédio de Kelvin, que partiu da esquerda e, sempre com o pé direito – o mais fraco, descobriu o caminho para o golo.

Ricardo Pereira, outro jogador do plantel principal, viria a fazer o 2-0 pouco depois. Cruzamento de Kelvin na esquerda, entrada fulgurante do jovem internacional português de cabeça.

Veja a Classificação da Liga de Honra

O Académico de Viseu procurou responder à desvantagem mas encontrou pela frente um Raul Gudino inspirado. O guarda-redes mexicano defendeu até um castigo máximo.

Na etapa complementar, foi o FC Porto B a beneficiar de uma grande penalidade, após iniciativa de Otávio. Ivo Rodrigues não desperdiçou e apontou o seu oitavo golo na Liga de Honra 2014/15.

Porém, a formação visitante nunca desistiu com o 3-0 e esteve mesmo perto do empate. Clayton deu início à recuperação do Académico de Viseu e Sandro Lima fez o 3-2 ao minuto 85. Até final, os dragões sofreram para agarrar o triunfo e valeu Raul Gudino a fazer uma defesa do outro mundo, após cabeceamento na área. O guarda-redes mexicano foi decisivo. 

Pode ver aqui as suas intervenções:

Tudo sobre o FC Porto

[artigo atualizado]