O Benfica evitou o primeiro «match point» na ronda passada, ao somar os primeiros pontos na vitória na Luz sobre o Lyon, mas continua em posição delicada e sem margem para mais deslizes, último num Grupo G muito dividido. Crucial portanto o jogo desta terça-feira em Lyon. A Liga dos Campeões entra de resto na fase das decisões e o Nápoles pode tornar-se já nesta terça-feira a primeira equipa apurada. Para quarta-feira há mais cinco equipas com a qualificação ao alcance: Juventus, At. Madrid, Bayern Munique, Manchester City e PSG.

Todos eles favoritos à partida e a cumprirem expectativas até agora, numa fase de grupos para já sem grandes surpresas à vista. Houve alguns arranques em falso, a começar pelo Real Madrid, mas os merengues estão ainda assim em posição de apuramento nesta altura. De qualquer maneira a pressão é grande no Bernabéu, tal como para vários outros gigants da Europa, que têm vacilado em casa esta época: incluindo Barcelona e At. Madrid, os outros dois grandes de Espanha. No Bayern Munique, os maus resultados na Bundesliga já fizeram cair o treinador Niko Kovac. O apuramento na Champions está no entanto muito bem encaminho e pode ser conseguido, ironicamente, com o ex-adjunto no banco.

O Maisfutebol traça o cenário para a quarta jornada da Liga dos Campeões, grupo a grupo.

Resultados e classificações da Liga dos Campeões

TERÇA-FEIRA:

Grupo E

O Nápoles de Mário Rui pode ser a primeira equipa a apurar-se para os oitavos de final, à frente do Liverpool, que parte para esta ronda em segundo lugar, depois de ter perdido precisamente com os italianos, e em boa posição para ficar bem mais perto também. Para se qualificar já o Nápoles terá de vencer o Salzburgo do prodígio Erling Haaland, que leva seis golos em três jogos nesta Liga dos Campeões (!). E além disso precisa que a lógica impere em Anfield e o Liverpool não perca com o Genk.

Nápoles-Salzburgo, 20h00 (Eleven Sports 5)

Liverpool-Genk, 20h00 (Eleven Sports 3)

 

Grupo F

Não há apuramento à vista para já mas há muita pressão. Antes de mais sobre o Barcelona e Ernesto Valverde, quando os catalães vêm de mais uma derrota na Liga espanhola. O Barça lidera o grupo, com sete pontos, e pode ficar muito perto da qualificação se vencer o Genk, numa jornada em que há confronto direto entre os dois outros candidatos, Dortmund e Inter, ambos com quatro pontos nesta altura.  

Barcelona-Slavia Praga, 17h55 (Eleven Sports 2)

Borussia Dortmund-Inter, 20h00 (Eleven Sports 4)

Grupo G

O mais embrulhado dos grupos, com o Benfica a tentar manter-se na corrida no novo estádio do Lyon, onde joga pela primeira vez: o único duelo anterior de Champions com o Lyon, no antigo Stade Gerland, terminou com vitória francesa por 2-0, para a fase de grupos da Liga dos Campeões 2010/11. Uma vitória permite ao Benfica alimentar expectativas, ainda que chegar à terceira jornada só com três pontos não seja normalmente prenúncio de bom desfecho. Aconteceu por quatro vezes às águias, a última delas na época passada, e só por uma vez conseguiram o apuramento, em 1998/99. Mas este grupo está muito equilibrado, pelo que uma vitória pode pôr as águias bem dentro da corrida. Outro resultado, pelo contrário, coloca todas as probabilidades contra o Benfica, que ainda visita o Leipzig e fecha em casa com o Zenit. Muito importante para as contas também o outro jogo do grupo, o duelo entre o líder Leipzig, que tem seis pontos, e o Zenit, segundo classificado com quatro pontos, tantos quanto o Lyon. Um confronto que pode complicar ainda mais o equilíbrio de forças no grupo e tornar ainda mais intensas as duas últimas jornadas. 

Zenit-Leipzig, 17h55 (Eleven Sports 3)

Lyon-Benfica, 20h00 (TVI)

 

Grupo H

Outro grupo em que ainda não há possibilidades de apuramento. A vitória do Chelsea em Amesterdão na ronda passada baralhou as contas e deu mais dimensão ainda ao duelo desta noite em Stamford Bridge, entre as duas equipas que lideram o grupo, ambas com seis pontos. O Valência está a dois pontos de distância e reencontra o Lille, que no encontro em casa da terceira jornada conseguiu o primeiro ponto.

Chelsea-Ajax, 20h (Eleven Sports 5)

Valencia-Lille, 20h (Eleven Sports 4)

 

QUARTA-FEIRA:

 

Grupo A

O apuramento e até o primeiro lugar desde já ao alcance do PSG, uma das três equipas com vitórias em todos os jogos. Se ganharem ao Club Brugge os parisienses estão desde logo qualificados, mas até podem assegurar o bilhete empatando, desde que o Galatasaray não vença o Real Madrid. Os merengues, que chegam aqui com apenas quatro pontos somados e muita pressão, venceram na Turquia para evitar um escândalo precoce, mas precisam de contrariar a irregularidade que tem caracterizado a época para levar a melhor sobre o Galatasaray, se querem evitar contas muito complicadas na reta final. Aos turcos, últimos no grupo, tudo o que não seja uma vitória no Bernabéu não serve.

PSG-Club Brugge, 20h00 (Eleven Sports 3)

Real Madrid-Galatasaray, 20h00 (Eleven Sports 1)

 

Grupo B

O percurso irregular do Bayern Munique na Bundesliga custou o lugar ao treinador Niko Kovac, mas na Liga dos Campeões os alemães não vacilaram até agora e estão muito perto do apuramento. Enquanto o clube não escolhe sucessor, será o adjunto Hansi Flick a tentar selar já a qualificação, no banco frente ao Olympiakos de Pedro Martins, José Sá, Ruben Semedo e Podence, último no grupo e num jogo de tudo ou nada. O Bayern apura-se se vencer, mas também empatando se o Tottenham vencer o Estrela Vermelha no outro jogo. Crucial também o jogo de Belgrado entre as duas equipas mais bem colocadas para lutar pelo segundo lugar, sobretudo para um Tottenham que nunca conseguiu replicar esta época a passada que lhe permitiu chegar à final da Champions na última temporada.

Bayern Munique-Olympiakos, 17h55 (Eleven Sports 2)

Estrela Vermelha-Tottenham, 20h00 (Eleven Sports 5)

 

Grupo C

As contas são simples para o Manchester City de Bernardo Silva e João Cancelo, que se apura desde já com uma vitória frente à Atalanta, uma das duas equipas ainda a zero na Champions. Tudo em jogo de resto na outra partida do grupo, a visita do Shakhtar Donetsk de Luís Castro ao Dínamo Zagreb. Estão ambos com quatro pontos, depois do nulo no encontro entre ambos na Ucrânia, e é de prever que boa parte da luta pelo segundo lugar de apuramento se decidirá no confronto direto.

Atalanta-Manchester City, 20h00 (Eleven Sports 4)

Dínamo Zagreb-Shakhtar Donetsk, 20h00 (Eleven Sports 6)

Grupo D

Por aqui pode ficar tudo já arrumado. Juventus e At. Madrid partem em igualdade pontual na frente e uma vitória em Moscovo, frente ao Lokomotiv de João Mário e Éder, deixa desde logo a equipa de Cristiano Ronaldo apurada. Longe de ser favas contadas, frente a um Lokomotiv que joga tudo neste encontro e bateu o pé à Juve na ronda passada, acabando por perder. Um triunfo da Juve permitirá também a qualificação do At. Madrid, ainda sem o lesionado João Félix, desde que os «colchoneros» ganhem ao Bayer Leverkusen. O primeiro lugar do grupo, esse, fica sempre em aberto, com duelo entre Juve e Atlético marcado para a penúltima ronda.

Lokomotiv Moscovo-Juventus, 17h55 (Eleven Sports 1)

Bayer Leverkusen-At. Madrid, 20h00 (Eleven Sports 2)