O FC Porto encontra o Liverpool nos quartos de final da Liga dos Campeões, um ano após a eliminação ante o mesmo adversário, nos oitavos de final da prova. O treinador dos dragões, Sérgio Conceição, recusa falar em «vingança» e reforça que não gosta de perder. Contudo, os 5-0 de 2017/2018 fazem parte «do passado».

«Mais do que aziado, que é uma expressão que não vou dizer aqui. Ninguém gosta de perder nos oitavos de final da Liga dos Campeões, principalmente num jogo em casa, mas isso faz parte do passado. Não podemos ficar agarrados a pensamentos negativos. Olhar sim para o momento, futuro próximo. Na história da minha vida, está marcado esse resultado, mas também muitas vitórias e títulos, nesta casa também», referiu Conceição, em conferência de imprensa, esta tarde.

Conceição: «Alex Telles está melhor, mas não sabemos se joga»

«Não há vingança. Todos os jogos têm histórias diferentes e temos de perceber que nenhum resultado momentâneo pode mudar o rumo da nossa equipa. O que se passou no ano passado foi no ano passado, num momento, num jogo onde não fizemos algumas coisas que devíamos e o adversário foi muito eficaz no processo ofensivo. Há sim o olhar para o Liverpool, como uma equipa fantástica. Em 16 jogos neste estádio [para a liga inglesa] empatou dois. O ano passado, foi finalista da Liga dos Campeões», frisou Conceição.

O Liverpool-FC Porto joga-se a partir das 20 horas desta terça-feira. O jogo tem arbitragem do espanhol Antonio Mateu Lahoz e pode ser acompanhado com informações, ao minuto, no Maisfutebol.