O MOMENTO

MARÍTIMO: Regular na sua irregularidade, o Marítimo atravessou o mês de dezembro com um perfeito alternar de derrotas (Sporting em casa e Arouca fora) com vitórias (V. Guimarães e FC Porto, fora). Mas como são as últimas imagens que deixam uma impressão mais forte, a robusta vitória dos insulares no Dragão, para a Taça da Liga, serviu para apagar as mágoas da goleada sofrida em Arouca que, três dias antes, impediu a aproximação ao pelotão europeu.

ESTORIL: Sem vitória para a Liga desde setembro, a equipa da Linha soma apenas quatro pontos nas últimas oito jornadas. Novo desaire nos Barreiros pode representar uma indesejável aproximação à zona vermelha da tabela. O técnico Fabiano Soares mostra-se confiante no impacto dos reforços recém-chegados para inverter esta linha descendente, mas por questões administrativas ainda não poderá contar com eles neste sábado.

AUSENTES

Marítimo: Alex Soares, Patrick e Ghazaryan

Estoril: Tijane e Babanco (lesionados), Felipe Augusto e Michael (ainda não inscritos)

DISCURSO DIRETO

Ivo Vieira: «Temos que valorizar o que fizemos com o FC Porto, mas perceber que foi um jogo que está para trás. O nosso foco é unicamente o jogo com o Estoril, uma equipa difícil, que coloca muitos jogadores na zona ofensiva e joga de forma descomprimida».

Fabiano Soares: «A equipa está a jogar bem mas não está a concretizar as oportunidades. O Marítimo tem bons jogadores, é uma equipa forte, mas queremos no final dos 90 minutos passar à frente deles na tabela classificativa»

HISTÓRICO DE CONFRONTOS

Nas onze visitas do Estoril aos Barreiros para a Liga, apenas uma vitória para a equipa da Linha, em 2013/14. No entanto, o Marítimo ficou-se pelo nulo na época passada, pelo que já vão duas épocas sem confirmar uma supremacia histórica, traduzida em cinco vitórias insulares e cinco empates, em contraponto à tal proeza canarinha de 2013. E há mais esta curiosidade: se considerarmos os jogos em casa e fora, o Marítimo já não bate o Estoril há cinco jogos, desde fevereiro de 2013.

EQUIPAS PROVÁVEIS

MARÍTIMO

Salin; João Diogo, Dirceu, Deyvison e Rúben Ferreira; Fransérgio, Éber Bessa e Tiago Rodrigues; Edgar Costa, Marega, Dyego Sousa

Outros convocados: José Sá; Briguel, Raul Silva, Romário Leiria, Fernando Ferreira, Baba e Xavier.

ESTORIL

Kieszek; Anderson Luís, Diego Carlos, Yohan Tavares e Mano; Leandro Chaparro, Afonso Taira, Diogo Amado; Dieguinho, Léo Bonatini e Gerso.

Outros convocados: Georgemy; Alex Kakuba, Diakhité; Billal, Anderson Esiti, Mattheus, Matheuzinho e Luiz Phellype