FIGURA: Pedro Nuno

Uma assistência e um golo do médio a assumir-se como uma das personagens principais no capítulo histórico do Moreirense. Depois de marcar na Luz o médio voltou a fazer o gosto ao pé, colorindo assim uma exibição aguerrida. Bateu o canto para o primeiro golo do Moreirense e apontou o segundo com grande sentido de oportunidade. No primeiro lance da segunda parte tentou de bicicleta num bonito gesto técnico.

MOMENTO: golo de Nené (34m)

Pontapé de canto batido na direita por Pedro Nuno para o coração da área, com o brasileiro Nené a ser imperial nas alturas. Elevação perfeita num movimento à ponta de lança ao ir de encontro com o esférico para cabecear certeiro para fora do alcance do guarda-redes Leonardo. Desvio com as medidas certas a encaminhar o triunfo do Moreirense.

OUTROS DESTAQUES

Arsénio

Preponderante na Luz, o capitão do Moreirense manteve intensidade máxima no lado direito do ataque. Eficaz na movimentação ofensiva, vale também pela responsabilidade que demonstra a equilibrar a equipa.

Lucas Fernandes

O homem das bolas paradas no Portimonense. Lucas Fernandes foi a novidade na equipa do Portimonense, a única alteração de Folha para o jogo, e mostrou qualidade a soltar a bola. Tentou arranjar espaços para solicitar os homens da frente.

Chiquinho

Um operário incansável no meio campo do Moreirense. Impressionante a forma como, sem se dar por ele, chega rapidamente a uma área e a outra. Determinante no segundo golo com uma ação que o define. Nunca desiste e está sempre à espreita.

Ivanildo

Duelo intenso com Jackson Martinez e depois também com João Carlos, mas o jovem defesa central não deixa transparecer a falta de experiência natural da idade. Sempre sereno na avaliação dos lances.