Declarações de Abel Ferreira, treinador do Sp. Braga, na sala de imprensa do Estádio Municipal de Braga, após o empate a uma bola com o Rio Ave:

«O que esperava aconteceu, foi um bom jogo, bem disputado, onde o nosso adversário meteu muita gente atrás da linha da bola para ter posse, mas as melhores oportunidades acabaram por ser em transição. Foi um jogo muito bem disputado, as duas equipas queriam vencer. Na segunda parte estou em crer que tivemos mais oportunidades. Foi um bom espetáculo, com muitas emoções. Enquanto líder tenho de gerir as minhas emoções, mas penso que o árbitro também podia ter gerido melhor. No cômputo geral foi uma boa partida. É como já disse, não vamos vencer sempre. Continuamos fortes e firmes, seguindo o nosso caminho, a meta é na 34ªjornada».

[Arbitragem?] «Não queria contribuir para aumentar a polémica, não devemos entrar por aí. Têm razão em alguns lances, nós também, mas o árbitro é soberano. O que gostaria é que um árbitro desta categoria soubesse gerir as emoções».

[Clássico?] «Já estava definido. Amanhã vou tomar o pequeno-almoço com as minhas filhas depois vou à missa e a seguir vou almoçar à minha sogra ou à minha mãe. À tarde estarei na Exponor a ver Clássicos, porque adoro carros. À noite, já negociei com a minha mulher, vai deixar-me ver o jogo, espero que seja um grande espetáculo, se empatarem ficamos todos contentes».

[O que esperava das substituições?] «Na altura em que penso fazer as substituições o jogo começa a ficar quente para o nosso lado. Paulinho, em função da paragem, não esteve tão bem como esperaríamos. Podíamos ter feito golo, hesitei se fazia ou não as alterações, mas para quem está ali tem de decidir. Pior do que decidir mal é ficar a meio da ponte, tenho de ser honesto, esperava mais da substituição dom Paulinho».

[Primeiro lugar] «A única coisa que nos compara aos três grandes é a ambição e o desejo de ganhar, em tudo o resto há diferenças. Vamos continuar a suportar-nos na ideia da equipa, do coletivo e em jogarmos todos em torno de uma ideia. Individualmente o Benfica, o Porto e o Sporting têm melhor treinador do que o Braga e, porventura, têm melhores jogadores. Como equipa vamos ver. No que estamos iguais é na ambição, no fim vamos ver».