Jorge Jesus, treinador do Sp. Braga, comentou desta forma a goleada no reduto do Belenenses (0-5) e o noticiado interesse do Benfica:
«Foi uma exibição perfeita, o Sp. Braga está forte neste final de campeonato. Sabíamos que íamos jogar contra um adversário que precisava deste jogo para ainda acreditar na permanência. Jogámos um pouco com a ansiedade do Belenenses, fomos muito fortes a sair para o ataque rápido. Fizemos cinco golos e uma exibição brilhante. Conseguimos chegar ao quarto lugar e temos dois jogos para vencer. O destino obrigou-me, como treinador do Sp. Braga, a prejudicar os objectivos do Belenenses, mas tenho pena que a equipa esteja nesta situação. Tive aqui dois anos muito bons, mas parece que foi o destino.»
Sobre o propalado interesse do Benfica: «Aquilo que sei é que o Benfica é o meu próximo adversário. Tudo que se possa falar, devem perguntar apenas a quem fez as notícias. Tenho mais um ano de contrato, com uma cláusula que me permite sair para onde quiser. Nesta altura, tenho respeito pelo Sp. Braga e vou defrontar o Benfica, acredito que posso vencer e terminar entre os três primeiros lugares.»
Sobre o assalto ao terceiro lugar: «Se vencermos o Benfica, ficamos a um ponto e com uma jornada pela frente. Estamos muito fortes, mesmo com meia equipa lesionada. A grande vantagem do Sp. Braga é ter um plantel com alta qualidade. Tínhamos dois miúdos no banco e o Paulo Jorge também não tinha condições de jogar.»