FIGURA: Chiquinho

O médio voltou a ser decisivo para as cores do Moreirense. Com o trânsito congestionado em frente à área do Aves, Chiquinho não teve tanta bola como é seu costume, mas ainda assim definiu quase sempre bem. Quando teve uma nesga decidiu o jogo, assinando o décimo golo da sua conta pessoal esta época. Bom golo do médio a coroar uma prestação positiva.

MENÇÃO HONROSA: Pedro Trigueira

Esteve no melhor e no pior. Cometeu uma grande penalidade evitável, mas resgatou-se com a defesa. Estirada assombrosa momentos antes do intervalo, a juntar a mais uma defesa de grande nível que tinha feito distantes antes a evitar que Derley marcasse de cabeça.   

MOMENTO: golo de Chiquinho (54m)

João Aurélio está na génese da jogada a subir pelo corredor direito, servindo depois Chiquinho. O médio recebeu com um gesto técnico deslumbrante, ficando depois em posição para rematar, ainda que contando com um desvio em Ponck. Em carreira de tiro Chiquinho não desperdiçou e decidiu o dérbi.  

OUTROS DESTAQUES

Baldé

A sua força física e irreverência vem ao de cima neste Aves. Cumpriu castigo no Dragão, regressou esta noite ao onze e destacou-se claramente. A exibição não foi propriamente brilhante, mas agitou o jogo.

Neto

A jogar uns passos à frente de Fábio Pacheco, o médio brasileiro esteve solto e sentiu-se bem com o esférico. Fez por dar critério à construção de jogo nas fases em que o Moreirense esteve por cima com mais bola.

Rodrigo

A prestação fica, obviamente, manchada pelo castigo máximo desperdiçado, mas ainda assim não apaga uma boa exibição. Causou perigo quando cruzou para a área contrária e secou Heriberto com segurança.

João Aurélio

Prestação extremamente competente do lateral direito, vigiando sempre de perto os opositores e sendo uma unidade a ter em conta ofensivamente. Fez o passe para Chiquinho definir o jogo.