Declarações de Leandro Pires, treinador do Desportivo das Aves, na sala de imprensa do Estádio do Desportivo das Aves, após a derrota (1-2) frente ao Gil Vicente:

«Que as coisas estão complicadas nós sabemos. Relativamente ao jogo, a primeira parte foi dominada pelo Aves. Com bola a circulação foi algo lenta, deveríamos ter circulado de forma mais rápida para criar situações de perigo. A equipa optou por jogo direto, não conseguimos ligar o jogo e não se registaram grandes oportunidades. Sofremos dois golos conta a corrente do jogo e a equipa ficou intranquila. O golo que marcámos podia dar confiança para a segunda parte, mas os índices de confiança estão um pouco abalados. Tivemos pouca variabilidade de jogo e daí não ter havido grandes oportunidades. Temos de aceitar o resultado, o Gil Vicente foi mais eficaz».

[Sentimento da equipa] «É um sentimento de tristeza. Apesar do trabalho estamos frustrados por não conseguir o que pretendemos. Os jogadores estão com uma enorme vontade de dar a volta mas não a conseguem por em campo. Têm de começar a acreditar mais neles. Só todos juntos é que conseguimos, não se podem querer decidir as coisas individualmente».

[Futuro] «Não tenho nenhuma informação sobre o meu futuro. A minha vontade é servir o Aves da melhor forma. Tem de ser o clube a decidir».