SIGA O MARÍTIMO-BOAVISTA, A PARTIR DAS 15H30 DESTE SÁBADO, AO MINUTO, NO MAISFUTEBOL

MOMENTO

Marítimo: o fator casa foi preponderante para garantir a permanência na Liga e as cinco vitórias consecutivas nos últimos jogos nessa condição são a prova disso, com os últimos três sem qualquer golo sofrido. Pontuar nesta última jornada permite alcançar a meta dos 40 pontos e um triunfo vale mesmo a ultrapassagem final ao Boavista na classificação.

Boavista: está num dos melhores períodos da época, com três vitórias consecutivas na Liga, ante Moreirense (3-1), em Setúbal (0-3) e na receção ao Sp. Braga (4-2). Caso Rio Ave e Santa Clara não vençam e a equipa axadrezada triunfe na Madeira, tal dá-lhe o sétimo lugar no final do campeonato. Na última deslocação, em Setúbal, pôs fim a um longo período sem vencer como visitante na prova, algo que só tinha acontecido, até então, na primeira jornada, em Portimão.

AUSÊNCIAS

Marítimo: Edgar Costa (lesionado), Ricardo Valente (afastado disciplinarmente pelo clube).

Boavista: Helton Leite (lesionado).

DISCURSO DIRETO

Petit (Marítimo): não realizou conferência de imprensa prévia.

Lito Vidigal (Boavista): «Se conseguirmos ganhar, é possível chegar a essa posição [ndr: sétimo lugar], mas o nosso objetivo, até pelas dificuldades que fomos encontrando, era a manutenção e esse já foi conseguido.»

HISTÓRICO DE JOGOS

As duas equipas já se defrontaram por 71 ocasiões na história do futebol português: 27 vitórias do Boavista, 26 dos insulares e 18 igualdades. Destes 71 jogos, 65 foram no principal campeonato. Neste bolo, 25 triunfos dos axadrezados, 22 do Marítimo e os tais 18 empates. Só nos duelos na Madeira, condição deste sábado - total de 32 – o Marítimo venceu metade (16), o Boavista venceu seis e houve 13 empates.

EQUIPAS PROVÁVEIS

Marítimo

Outros convocados: -

Boavista

Outros convocados:

-