Ricardo Soares está de regresso a Moreira de Cónegos, agora como treinador do Gil Vicente, mas diz que não terá vantagem pelo conhecimento que tem do Moreirense, equipa onde iniciou a temporada.

«As vitórias trazem confiança às equipas e ajudam a cimentar o nosso processo de jogo e ideias. Foi fundamental [vencer] porque precisamos de pontos para atingir os nossos objetivos e amanhã [sábado] vamos com a intenção clara de vencer, tudo faremos por isso», começou por dizer, citado pela Lusa.

«Para mim, todos os jogos são especiais, é mais um jogo contra uma equipa que já treinei e que tem um conjunto de jogadores de grande qualidade. Não vejo que seja uma vantagem, não sou eu que vou jogar, conheço muito bem a equipa, mas eles também me conhecem a mim», prosseguiu.

O Gil venceu na jornada passada, ao contrário do Moreirense, que tem três derrotas consecutivas: «Neste campeonato, as equipas que lutam pela permanência têm fases destas. O Gil Vicente, quando cá cheguei, tinha quatro derrotas seguidas e não vencia há sete jogos. Cabe-me evitar que esse ciclo aconteça à minha equipa. Não penso que seja uma vantagem, mas todos os pormenores contam e esse é um importante que tenho em linha de conta.»

«Estamos a trabalhar muito e sinto a minha equipa cada vez mais forte, coesa e determinada, taticamente, mas também a nível individual e mental. A meritocracia está à frente de tudo e mais alguma coisa, é sempre o trabalho deles durante a semana que faz com que depois eu tome decisões», afirmou ainda.

O Gil Vicente joga no terreno do Moreirense este sábado, a partir das 15h30.