O Boavista vai jogar este domingo frente ao Santa Clara, no Estádio do Bessa, e na antevisão da partida, Lito Vidigal garantiu que os «axadrezados» vão precisar de «muita paciência», num encontro que espera que seja «duro e de grau de dificuldade máxima». 

«Vamos ter de perceber o jogo muito depressa, entender os momentos, sabermos quando vamos ter de sofrer, como estar organizados e encontrar espaços para finalizar. Exigirá muita paciência da nossa parte», considerou.

O treinador do Boavista, que na jornada anterior venceu o Feirense por 2-0, abandonando a zona de despromoção, referiu que a «equipa está a trabalhar bem» e que espera «dar continuidade ao que tem sido feito», contando para isso com o apoio dos adeptos. 

«A equipa tem de ser paciente e os adeptos também. Queria que estivesse mais gente no estádio. No último jogo a moldura foi muito boa e a equipa sentiu o apoio dos adeptos do primeiro ao último minuto e isso fez com que os jogadores se sentissem confortáveis», confessou. 

Os adeptos foram de facto um dos temas principais da antevisão da partida, com Lito Vidigal a considerar que, na receção ao Feirense, «os adeptos foram o décimo segundo jogador», criando uma «energia positiva»" que conduziu a equipa a uma «vitória segura». 

«As vitórias trazem sempre confiança e segurança e, nesse sentido, depois da última vitória em nossa casa os jogadores ficaram mais confortáveis. Era importante conseguirmos mais uma vitória, porque trará mais conforto à equipa», admitiu. 

O novo técnico do Boavista, que está suspenso por dezasseis dias, depois da expulsão na partida frente ao Feirense, lamentou ainda a sua ausência do banco, mas garantiu que a equipa vai encontrar soluções, comparando o jogo a uma viagem, em que o objetivo é chegar ao destino traçado. «Dependendo da nossa velocidade, podemos chegar mais depressa ou mais devagar. Quanto maior for a velocidade maior é a probabilidade de acidentes», afirmou ainda. 

Para o embate com o Santa Clara, marcado para as 15h00 deste domingo, o avançado Yusupha e o defesa central Sparagna são baixas confirmadas, mas Fábio Espinho e Neris estão de volta às opções.