Ivo Vieira, técnico do Marítimo, em declarações aos jornalistas após a vitória por 1-0 sobre o Boavista:

 

«Julgo que para aquilo que os meus jogadores trabalharam, para um jogo difícil, competitivo, com uma equipa difícil, merecemos este resultado. Houve momentos de ambas as partes de bom futebol, mas acima de tudo foi um jogo de muita entrega. Conseguimos contrariar o poderio que o Boavista põe em cada jogo que disputa. Acabámos por fazer um golo e tivemos a felicidade, e o resultado também se faz da felicidade naquele momento do jogo».

 

[Em relação à situação atual da equipa]: «A equipa vale muito mais do que aquilo que fez hoje, como já demonstrou no passado. Todas as equipas têm momentos bons e momento menos bons e vamos acreditar que o nosso menos bom já passou. Não fizemos um jogo de feição mas os resultados podem depois ir de encontro àquilo que é a tranquilidade e a confiança que os meus jogadores podem implementar no jogo».

 

[Comentário à expulsão de Edgar Costa por ter demorado a sair de campo numa substituição]: «Começa a ser difícil. É o sexto jogo consecutivo a ficar com menos um jogador. Quando pensávamos que, finalmente, íamos acabar com 11, levamos mais uma machadada e acabamos com 10. O jogador tem que ter discernimento mental para naquele momento do jogo não passar por uma situação destas».