Declarações de Vítor Campelos, treinador do Moreirense, na sala de imprensa do Parque de Jogos Comendador Joaquim de Almeida Freitas, após o empate na receção ao V. Guimarães:

«Assistimos a uma excelente partida de futebol, quem veio ao estádio saiu satisfeito. Foi muito bom ter um relvado em excelentes condições, são duas equipas que gostam de jogar, foi um jogo com oportunidades em ambas as balizas e o resultado final acaba por ser justo. Certo que a massa adepta do Vitória acompanha como já sabemos, a nossa também nos incentivou sempre. Depois do golo do penálti podíamos ter empatado logo de seguida mas no cômputo geral acho que acaba por se aceitar o resultado».

[Debilidade física] «Não tem nada a ver com índices físicos. Muitas vezes o lado emocional é que dita os resultados. Às vezes também ter uma pontinha de sorte, como não tivemos aqui com o Benfica e no Marítimo, fazem a diferença. Não é pelo aspeto físico».

[O que tem faltado?] «Às vezes falta um pouco de sorte. Uma bola que bate e sai, uma bola que bate e entra. Estou satisfeito pela entrega, os jogadores acreditam neles e naquilo que podem fazer, temos feito excelentes jogos, é verdade que queríamos ter vitórias, mas temos mais um ponto e vamos voltar a trabalhar e a pensar no jogo do Famalicão sempre com os olhos postos na vitória».

[Quatro alterações no onze] «Foi uma gestão em termos físicos. Fizemos o terceiro jogo em sete dias, na semana passada jogámos setenta minutos em inferioridade numérica. O mais importante é a nossa ideia de jogo, o que podemos fazer. Mas também é importante potenciar jogadores e se jogarmos bem fazemos mais isto».