Pepa, treinador do Paços de Ferreira, comentou desta forma a derrota da sua equipa frente ao Gil Vicente, no Estádio Capital do Móvel (0-2):

«Parabéns ao Gil Vicente pela permanência e pela qualidade do seu plantel. Foi um jogo pouco conseguido da nossa parte, queríamos terminar em casa com uma vitória. Reconhecemos que não estivemos bem, nem de perto nem de longe. Esperamos acabar em grande em Tondela.»

Sobre o sucessor Jorge Simão: «É uma pessoa com quem já falei e a casa vai ficar arrumada, é o orgulho com que fico. Vai encontrar um clube muito estável, com condições de excelência, com jogadores que o apelido deles é trabalho e uma direção que dá todas as condições. Quando se diz deixar a casa arrumada, significa passar tudo o que puder passar com todo o gosto e profissionalismo, porque a vida continua e o clube merece.

O último jogo em Paços de Ferreira: «Fica a mágoa por querer sair com uma exibição condizente. Independente desta exibição e deste resultado, tenho orgulho tremendo neste grupo de trabalho. Não estivemos bem, o Gil Vicente foi superior o jogo todo. Não quero tirar o mérito a quem o teve.»