António Folha classifica a deslocação a Tondela, da 28.ª jornada, como «um jogo de dificuldade máxima».

«Os jogos, à medida que o campeonato se vai aproximando do fim, são todos importantes, porque as equipas querem somar pontos rapidamente e, por isso, é mais um em que vamos disputar três pontos na casa de um adversário que necessita muito de pontos», disse o treinador do Portimonense na conferência de imprensa de antevisão do encontro de segunda-feira.

Na opinião do treinador do emblema algarvio, o embate com o Tondela «é de grau de dificuldade máximo, onde o Portimonense terá de estar muito concentrado para fazer um bom jogo e tentar ganhar».

«Sabemos das dificuldades que vamos encontrar, mas estamos preparados para enfrentar um adversário que vai fazer tudo para também ganhar o jogo», frisou.

Segundo António Folha, durante a semana foram trabalhados os aspetos que não estiveram bem no jogo da jornada anterior diante do Moreirense, derrota dos algarvios por 2-0, «bem como reforço daquilo que está bem e que é o processo do jogo do Portimonense».

«Estamos conscientes de que teremos de ser muito competentes para ganhar em Tondela, mas sabemos das nossas capacidades e partimos com a máxima confiança», concluiu.