O futebolista do Santa Clara, João Afonso, assumiu esta terça-feira que os açorianos vão ter «um jogo complicado» frente ao FC Porto, na 25.ª jornada da I Liga, apontando a três fatores importantes para superar o duelo no Estádio do Dragão da melhor forma, no próximo sábado (20h30).

«Temos de trabalhar e ser humildes e vamos ter de ter muita concentração, muita união e coesão para ultrapassar o FC Porto, que é o campeão em título», afirmou, no Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada, na antevisão ao duelo.

«Consideramos que estamos num bom momento, o FC Porto também está num bom momento, depois de eliminar a Juventus na Liga dos Campeões, que muito orgulhou o nosso país», declarou, apontando à tentativa de conquistar os três pontos. «Vamos tentar, porque este ano já fizemos história ao vencer em Braga, em Guimarães, ao Marítimo, o que ainda não tinha acontecido com o Santa Clara», expressou.

O central de 30 anos apontou como «benéfica» a paragem no campeonato, entendendo que a mesma permitiu a recuperação «física e psicológica» dos atletas. Disse, ainda que a «pressão é relativa», dado que cada clube tem os seus objetivos.

«É sempre difícil ir a um campo dos ‘grandes’. Claro que, tendo em conta o mediatismo do jogo e a equipa com a qual vamos jogar, é normal que sintamos mais ansiedade, mas o facto [de não haver público] ameniza um pouco», admitiu.

Este vai ser o nono encontro entre os dois clubes na casa do FC Porto, sendo que os dragões somam por vitórias os oito jogos na qualidade de visitado.