«Está em causa o brio e o profissionalismo» dos jogadores do Sp. Braga esta sexta-feira no derradeiro jogo da época frente ao Portimonense. Já com a posição na tabela definida e sem qualquer objetivo prático em jogo, o treinador dos arsenalistas promete uma equipa a lutar junta até ao fim.

«O que vos posso dizer é que chegámos juntos até aqui e vamos estar juntos até ao fim. Amanhã farei o balanço da época, vamos lutar juntos até ao fim. Tem sido essa a nossa força e vai continuar a ser no jogo de amanhã», atirou Abel Ferreira na conferência de imprensa de antevisão ao embate com os algarvios.

Com a situação definida, apesar de querer guardar para depois do jogo o balanço da época o treinador acabou por fazer uma retrospetiva. «De forma muito resumida: nas duas taças toda a gente viu e o clube manifestou-se da forma como fomos eliminados; em relação ao Zorya [Liga Europa] sim, queríamos mais e não conseguimos, temos de assumir; em relação ao campeonato temos de ser realistas, fomos capazes de alimentar o sonho, acredito que ainda é possível fazer o que foi feito», atirou.

Apesar de querer centrar-se no futebol jogado o treinador referiu também a arbitragem como um dos fatores que contribuiu para a temporada menos conseguida dos bracarenses. «Queríamos mais. Queria eu, os jogadores, os adeptos e toda a estrutura. Todos queríamos mais. Infelizmente contra os três grandes fomos prejudicados. Em jogos decisivos fomos prejudicados, esta é que é a grande realidade. Fomos capazes de alimentar o sonho, andámos em primeiro e lutámos por esse lugar, lutámos pelo segundo, lutámos pelo terceiro, obviamente queríamos mais. Temos de tirar conclusões e continuar a lutar», referiu.

Sobre o futuro, o treinador adotou um dos lemas desta temporada, dizendo acreditar que é possível «fazer o que ainda não foi feito», projetando a próxima época no comando técnico arsenalista. «Acredito muito naquilo que faço, nas pessoas que estão à frente do clube e no projeto que temos. Lamento as incidências deste campeonato, era difícil fazer melhor. Mas também acreditamos que todos temos de melhor. Acredito que é possível fazer o que ainda não foi feito, é possível com astucia reforçar a equipa para combater as desigualdades do nosso campeonato», concluiu.

O jogo entre o Sp. Braga e o Portimonense, o último da temporada para as duas equipas, está agendado para as 20h30 no Estádio Municipal de Braga.