As declarações de Natxo González, treinador do Tondela, após o empate a zeros frente ao Santa Clara, na 4ª jornada da Liga.

«No geral houve ocasiões muito claras, não nos saiu a nós. O único problema foi a eficácia na área contrária, mas estou muito feliz por ver a minha equipa a jogar assim com dez e tenho de dar-lhes os parabéns. Acabar o jogo com a sensação de perder dois pontos. É injusto, merecíamos algo mais. Como treinador tenho de estar orgulhoso»

«Quando era criança, um antigo treinador meu dizia-me que um penálti falhado é sempre mal marcado. No próximo jogo vamos pensar [marcadores de penálti], todos falham penáltis, é uma situação emocional»

[como se sente um treinador ao ver a equipa falhar dois penáltis no mesmo jogo]

«Sinto-me lixado (risos) por falhar penaltis, uma coisa é o resultado e outra é a forma de conseguir as coisas. Mas de forma pessoal estou orgulhoso»

«Havia muita expectativa para conseguir uma nova vitória, conseguir a vitória permite dar saltos qualitativos na classificação. Tínhamos tudo para poder ganhar, mas os jogadores estão orgulhosos do trabalho. Fizemos tudo para poder conquistar os três pontos»

[sobre o alegado assédio a Cláudio Ramos]

«Tudo pode acontecer nestas horas de fecho de mercado. Espero que se acabe de uma vez e que nos concentremos no trabalho finalmente»