Pepa, treinador do Tondela, na conferência de imprensa após a derrota em Chaves na qual foi expulso ainda na primeira parte:

«Entrámos muito bem no jogo, com personalidade, com bola, a sair por fora e a criar situações de golo. Ainda não consegui perceber o lance da primeira grande penalidade. Errar é humano, mas temos tecnologias e imagens para retificar o erro e isso não aconteceu.»

«É uma anedota aquele lance e fui expulso por isso, por dizer que o penálti foi uma anedota e não tenho problemas em assumir isso. Tirar um treinador do jogo por dizer isto... é assim tão grave? Não compreendo, custa-me que deixem uma a equipa sem treinador em campo por uma afirmação destas.»

«Os jogadores de tudo fizeram, tentámos manter equilíbrio e cabeça. A arbitragem não diz tudo e temos de ser nós a dar a volta à situação dentro do campo, mas neste jogo aquele penálti foi demasiado ridículo. Esta expulsão e este penálti, se fosse com outro tipo de holofotes ia ser muito falado.»

[Mercado] «Enquanto a janela de transferências estiver aberta é sempre complicado para todos os treinadores e equipas, pois sabemos que não depende de nós. Temos de estar focados no dia a dia, no trabalho, nas opções que temos e esperar pelo dia 31 de janeiro, pois sabemos que a partir daí fica encerrado.»
 
[Suposto mal estar da direção do Tondela com a equipa técnica] «Não houve atrito nenhum. Por vezes escreve-se demais, e um pouco de novelas, não mexicanas, mas portuguesas. Está tudo bem e não aconteceu rigorosamente nada.»