«A verdade é que processei o Sporting e acredito que o processo estará terminado no início do próximo ano, referiu.

 

«Eu reclamo o dinheiro que me ficou em dívida pelos três anos de contrato restantes, que perfazem uma soma de 3,6 milhões de euros.»

 

Recorde-se que, numa primeira instância, a FIFA condenou o Sporting a pagar 600 mil euros a Bojinov, mas nem clube nem jogador ficaram satisfeitos com a sentença. Por isso ambos recorreram para o Tribunal Arbitral do Desporto, que vai agora pronunciar-se.

 

«Este processo já dura há dois anos. Acredito que em breve estará finalizado, porque tenho todos os argumentos do meu lado. Deixo o trabalho jurídico com os advogados, por isso não quero ir mais fundo nesta história.»