João Afonso parte para a nova temporada com «boas expetativas» para a equipa do V. Guimarães. O defesa central diz que o «grupo de trabalho está a crescer» e que os reforços que estão a chegar vêm ajudar o clube. O jogador que na primeira metade da época passada esteve emprestado aos espanhóis do Córdoba aponta «aos lugares cimeiros» da tabela.

A ambição do jogador de 28 anos deve-se, em grande parte, ao modelo implementado por Luís Castro. «Tem ideias bastante interessantes, é inteligente, rigoroso e meticuloso. A ideia de jogo é aliciante para os jogadores e estamos a tentar corresponder. É um estilo de jogo atrativo, o objetivo é dominar o jogo com posse e chegar de forma apoiada à baliza adversária, sem esquecer o equilíbrio. Acho que vai ser empolgante para a massa associativa», referiu antes do treino matinal desta sexta-feira.

O defesa central reforçou a ideia da exigência de trabalhar com Luís Castro. «Exige não só dos centrais mas de todos os jogadores, é preciso dar apoios ao portador da bola e os centrais não são exceção», atirou.

O treino foi aberto aos adeptos e comunicação, sendo que na bancada estiveram algumas centenas de adeptos. A novidade foi a inclusão de Rafa Soares no treino. O mais recente dos vimaranenses treinou sem limitações, ao contrário do que aconteceu com Welthon, Vigário e Sturgeon. Hurtado, que esteve no Mundial ao serviço da Seleção do Peru, cumpre um período de férias devidamente autorizado pelo clube.