FIGURA: Mattheus Oliveira
Um golo e duas assistências. Estatísticas suficientes para catalogar o médio como a figura do encontro. Marca de cabeça, assiste Davidson e depois de bola parada coloca com conta peso e medida na cabeça de Pedrão, fazendo funcionar o seu pé esquerdo. Está em todos os golos do V. Guimarães numa exibição produtiva em que baralhou, juntamente com Tozé, o jogo vitoriano no miolo. A subir de forma, o brasileiro apontou o quarto golo da temporada.

MOMENTO: golo de Davidson (57m)
Passe açucarado de Mattheus para Davidson, que apareceu solto na área. O brasileiro disferiu um primeiro remate violento, devolvido por Bracali. Na ressaca, à segunda, Davidson não desperdiçou e relançou o Vitória para o triunfo. Golo importante logo após a igualdade axadrezada.

OUTROS DESTAQUES

Bracali
O guarda-redes brasileiro evitou males maiores para o Boavista com uma série de intervenções de grau de dificuldade elevado, impedindo o avolumar do resultado logo na fase inicial do encontro.

Ola John
Não era titular há quase dois meses. Luís Castro «repescou» o holandês, que retribuiu com uma prestação positiva, dando vitalidade ao corredor direito. Cruzou para o golo inaugural e dispôs de várias oportunidades para marcar. Pecou na finalização.

Mateus
Esteve em dúvida durante a semana, apareceu no onze e foi dos elementos mais espevitados do conjunto axadrezado. Tentou progredir com a bola, fazendo por rasgar pelo setor defensivo da equipa da casa.

Davidson
Reencontrou-se com as redes adversárias três meses e meio depois do último golo. Apenas à segunda, golo na raça a coroar uma prestação esforçada na qual teve vários pormenores interessantes.