FIGURA: Ricardo Horta

Andava alheado das redes adversárias, não marcando há quase dois meses. Guardou as munições para uma batalha especial. O médio voltou a ser decisivo no Sp. Braga, apontando a dez minutos do intervalo o golo que valeu o empate no dérbi. Sentido de oportunidade apuradíssimo a aparecer na cara de Miguel Silva para atirar a contar para o fundo das redes.

MOMENTO: golo de Ricardo Horta (m34)

Bomba de Fransérgio de fora de área depois de um pequeno toque de Dyego Sousa, a obrigar Miguel Silva a defender com dificuldades junto ao relvado. A bola, contudo, ficou à mercê de Ricardo Horta, que foi mais rápido que a concorrência a aparecer para recarregar com êxito para o fundo das redes, sem hipóteses para o guarda-redes vimaranense.

OUTROS DESTAQUES

Fransérgio

Rematou para a defesa incompleta no golo arsenalista, tendo intervenção direta no triunfo, e quase arrumou com o jogo na fase final com um remate ao ferro. Esteve de gatilho curto a jogar como segundo avançado.

Davidson e Rafa Soares

Voltaram a fazer do lado esquerdo o corredor mais capacitado do V. Guimarães. Combinaram várias vezes praticamente na perfeição, ficando a dupla apenas a dever um maior aproveitamento a um jogo bem conseguido.

Ricardo Horta

Não marcava há quase três meses. Alheado das redes adversarias, o médio teve uma prestação discreta, mas eficaz na hora da finalização apareceu no sítio certo para bater Miguel Silva.

Mattheus Oliveira

Dos mais esclarecido do V. Guimarães, o médio brasileiro fez por dar critério aos momentos de construção da equipa montada por Luís Castro. Distribuiu bem o jogo, tentando servir os colegas com qualidade.