«Sei que se fizer as coisas bem posso ser chamado pelo selecionador da Argentina. Não tenho lugar assegurado, venho para lutar e fazê-lo da melhor maneira no Getafe, para depois chegar à seleção», afirmou o futebolista.

O defesa disse que gosta muito do campeonato espanhol e considerou o Getafe «um clube tranquilo». Já o futebol europeu acha-o «mais rápido do que o praticado na Argentina».

A facilidade em marcar golos também foi sublinhada pela imprensa local, mas Lisandro López garantiu que fica contenta se os evitar na sua baliza. «No jogo aéreo costumo marcar golos, mas o meu principal trabalho é defender da melhor maneira», concluiu.