A decisão foi divulgada esta quarta-feira e o avançado do F.C. Porto, penalizado por causa do lance que envolveu Yebda, terá ainda de pagar 750 euros de multa. No comunicado, a CD refere um processo «instaurado oficiosamente dois dias depois» do clássico e explica que o jogador foi sancionado devido a um «comportamento grave», no caso «simulação evidente de grande penalidade que provoca decisão errada da equipa de arbitragem».

Lisandro Lopez já iria cumprir castigo na próxima jornada da Liga, por acumulação de amarelos. Agora, o avançado terá outro encontro para cumprir na bancada.

Refira-se, de resto, que o F.C. Porto pode recorrer do castigo, para o que tem três dias úteis para o fazer. Isto porque de acordo com os regulamentos federativos que entraram em vigor precisamente neste dia 1 de Abril, os clubes do continente apenas têm trÊs dias para recorrer.