De acordo com o The Times, Itandje foi acusado por vários adeptos nos fóruns de internet do Liverpool de dizer piadas e simular movimentos de dança durante as cerimónias em memórias das 96 vítimas mortais no estádio de Hillsborough, em 1989. Depois de o caso ter sido divulgado pelo Liverpool echo o jogador arrisca-se a sofrer uma punição disciplinar pesada por parte do clube, que pode passar pelo seu afastamento da equipa.

O treinador Rafa Benítez, citado pelo admitiu estar «revoltado» com a postura do guarda-redes e classificou a atitude de Itandje como «totalmente inaceitável».