Os dois avançados foram comprados pelo Liverpool no tempo de Kenny Dalglish. E ambos foram caros. Acontece que, de acordo com a visão do novo treinador, juntos não fazem sentido.

O porte físico e o estilo de jogo de Carroll convidada a equipa a bolas longas e cruzamentos, uma forma de atacar que não benceficiava o uruguaio. Colocado perante este dilema, Rodgers teve de decidir. E fê-lo em favor de «um jogador de classe internacional» como é Suarez.

Carroll foi vendido ao West Ham, onde de resto tem marcado alguns golos.