O médio argentino foi forçado a deixar o relvado, de maca, aos 31 minutos, e acabou por ser rendido por Mariano González. Os primeiros exames revelaram uma entorse, mas Lucho vai ser reavaliado esta quinta-feira e só os novos exames vão revelar a verdadeira extensão da lesão e o consequente tempo de paragem.

Cristian Sapunaru, rendido por Tomas Costa, a dez minutos dos noventa, também deixou o relvado com queixas mas, segundo o departamento clínico do F.C. Porto, o lateral tem apenas «fadiga muscular».