Luís Filipe Vieira não esclareceu se Quique Flores se manterá no comando técnico, limitando-se a dizer que existe um compromisso entre o clube e o espanhol: «Estamos tristes pelos resultados, mas unidos porque acreditamos que, através da estabilidade, chegaremos onde queremos. Temos um treinador com mais um ano de contrato. É bom recordá-lo. Todos os que cá estão respeitam os compromissos assumidos e a palavra dada. Não rasgamos contratos. [Garante que Quique vai continuar?] Garanto que Quique Flores tem mais um ano de contrato.»

A continuidade de Luisão não preocupa o homem máximo do clube encarnado, uma vez que o central «tem mais dois anos de contrato». Em relação a Nuno Gomes o discurso já foi diferente: «Não me compete falar sobre isso, mas posso dizer que tanto o Benfica como Nuno Gomes devem ter a intenção de que este continue a vestir a camisola do Benfica. Não me passa pela cabeça que saia.»

Construir um estádio é mais difícil que construir uma equipa

Para Vieira o Benfica já tem uma equipa formada. O presidente contornou a questão quando se falou na possibilidade de os encarnados falharem a Liga dos Campeões e as consequências financeiras que isso acarretaria: «Quando o Benfica nada tinha, apenas tinha as pedras da calçada para passear - que se calhar até estavam hipotecadas - fez um estádio novo. Qual é o problema em construir uma equipa? Foi mais difícil fazer um estádio. A equipa está criada.»

O presidente reconheceu que os resultados não têm sido os desejados, mas lembrou que «as vitórias, empates e derrotas» fazem parte do futebol: «Infelizmente os resultados não têm sido bons, mas não quer dizer que nos desviemos do caminho traçado.»

Dúvida: irá, ou não, recandidatar-se?

Haverá uma recandidatura de Luís Filipe Vieira à presidência do Benfica? O dirigente recusou-se a responder: «Se alguém pretende ser candidato à presidência do clube pode avançar. É legítimo que o faça. (¿) Enquanto cá estiver será difícil que façam um assalto ao poder. Existirão eleições e este é um clube apetecível. A minha função era recuperar a instituição e as provas estão dadas. Não ganhei qualquer título. Esses pertencem aos treinadores e jogadores.»