Manuel Machado, treinador do Nacional, a analisar a derrota sofrida no reduto do Vitória de Setúbal (2-0):

«Dou os parabéns ao Vitória, que fez dois golos contra nenhum, e por isso venceu. As pessoas do Paços de Ferreira, da Trofa, do Belenenses e de Vila do Conde devem estar contentes. Assim como as do Marítimo, do Leixões ou do Sp. Braga. Foi um jogo com uma equipa, o Nacional, a tentar ganhar. Tivemos mais bola. O nosso guarda-redes não fez qualquer defesa. Depois há um momento-chave. Não consigo descortinar qualquer falta para grande penalidade. A vencer, o Vitória ficou como peixe na água. Desequilibramo-nos, e podíamos ter saído com uma derrota mais pesada.»

«A minha equipa fez o trabalho que tinha a fazer. Não esteve abaixo do que é normal. Tivemos de arriscar, desequilibrando a equipa. Tentei equilibrar depois, para tentar evitar o 2-0, que viria mesmo a surgir. Quando jogam vinte jogadores em trinta metros não é fácil.»