Emprestado pelo Benfica ao Ajax de Amesterdão, Bruno Varela mostrou-se satisfeito pelo novo capítulo na carreira.

«Fiquei muito feliz quando os meus agentes disseram que o Ajax podia ser uma possbilidade. Estava num clube grande como o Benfica e fiquei muito feliz por vir para um clube muito grande, também da mesma dimensão», disse o guarda-redes português em entrevista à AT5, uma estação televisiva de Amesterdão.

Recorde-se que o Ajax defrontou o Benfica por duas vezes na fase de grupos da Liga dos Campeões, mas nessa altura a hipótese de rumar ao clube holandês ainda não estava em cima da mesa. «Na altura ainda nem tinha noção de que o Ajax podia ser uma possibilidade. Acabou por ser uma semana, uma semana e meia antes de fechar o mercado de inverno.»

Numa conversa entretida e com alguns apontamentos humorísticos à mistura (pode ver no vídeo em baixo do texto), o guarda-redes português fez um balanço positivo das primeiras semanas no novo clube e da adaptação a uma nova realidade. «Amesterdão tem fama de ser uma cidade muito boa, bonita e boa para viver. Estou feliz, já tive a oportunidade de passear. Estive também com o guarda-redes do Vitesse, o Eduardo, que esteve aqui em Amesterdão. Estou a ver casa», disse.

Por agora, Varela está a viver num hotel. Em Portugal ficou a mulher e o filho de três anos, que se juntarão em breve a ele. «Porque sabem que estás a viver sozinho em Amesterdão?», questionou o jornalista. «[Risos] Não. É importante ter a família por perto», respondeu.

Veja a entrevista: