O português não evitou a derrota do seu Haskovo frente ao CSKA Sofia, por 2-4, mas fez o melhor golo do encontro. Um golaço.

Recebeu a bola à entrada da sua área, correu com ela até à área seguinte, deixando dois rivais para trás e disparando ao ângulo da baliza contrária.

Merece ser visto.