A situação de José Mourinho no Manchester United mudou de forma vertiginosa e a fase conturbada da equipa parece ter ficado para trás definitivamente.

O treinador português mostra-se também satisfeito pela resposta da equipa e acredita ter provado aos críticos que afinal não tinham razão ao apontar-lhe o dedo no início da época.

Curiosamente, a resposta de Mourinho foi muito semelhante à dada por Jurgen Klopp instantes antes na conferência do Liverpool.

«Julgo que no Manchester United aperceberam-se que não sou o monstro que vocês [alguns jornais] diziam que era. Não sou tão má pessoa, uma pessoa arrogante, uma pessoa diferente com quem se trabalha»

«Até agora ninguém fugiu dos treinos quando chego ao campo. Então as pessoas estão bastante felizes por ter-me ao pé delas e trabalhar com elas. A relação com os jogadores é muito boa e a relação com a administração também não é apenas profissional, mas sim uma relação de confiança que vai para além da ligação contratual, do treinador, do proprietário, da direção»

«Estou feliz e sinto que todos estão felizes também, mas obviamente o meu contrato é de três anos, não de sete ou oito meses, e quero evolução e melhoramento», começou por dizer Mourinho, na conferência de antevisão ao encontro com o Bournemouth.

O técnico português falou ainda do futuro de Ibrahimovic. O sueco tem sido uma das principais figuras dos red devils e Mourinho acredita que irá continuar no clube mais tempo.

«Eu vejo-o a ficar connosco porque esse foi o acordo inicial e tem sido um ano de sucessos para ele. Mas esta equipa tem muito para crescer e a próxima janela de transferências irá elevar a equipa a um nível diferente porque vamos tentar trazer alguns jogadores e o Zlatan será fundamental no segundo ano ao serviço desta equipa»

«Ele tem vontade de ficar mas tem de ser à minha maneira, a bem ou a mal. Quero apenas jogadores que pretendam ficar a cem por cento. Penso que ele está muito orgulhoso de si mesmo, está feliz com o sucesso da sua situação, por isso vejo-o a ficar connosco», explicou.