A vitória sobre o Chelsea por 2-1 permitiu ao Wolverhampton pôr termo a uma sequência de seis jogos e praticamente dois meses sem qualquer triunfo.

«Penso que foi uma boa exibição. Estivemos muito bem organizados e compactos na primeira parte. Tentámos limitar os espaços ao Chelsea. Não tivemos muitas ocasiões, mas foi importante continuarmos organizados e no jogo, não sofrendo um segundo golo. A segunda parte foi totalmente diferente. O Chelsea teve algumas oportunidades no começo mas depois disso a crença dos rapazes e a intensidade foi incrível. O Chelsea é uma equipa fantástica com treinador e jogadores fantásticos. Ser capazes de competir com estas equipas é muito bom para nós», afirmou Nuno Espírito Santo em declarações à Sky Sports após o jogo.

Recorde-se que os Wolves estiveram a perder e conseguiram virar o jogo em poucos minutos. «No momento em que empatámos, toda a gente sentiu que era possível. Principalmente os fãs, que fizeram muito baulho, e os jogadores», destacou o treinador do Wolverhampton, sem sobrevalorizar a conquista dos três pontos frente a um candidato ao título. «A vitória significa que ganhámos um jogo. Nem todos os problemas estão resolvidos», rematou.