Carlos Queiroz apresentou queixa na FIFA contra a Federação Iraniana de Futebol, alegando salários em atraso relativos ao período em que desempenhou o cargo de selecionador.

Esta informação foi confirmada à Associated Press (AP) por representantes do técnico português, que entretanto assumiu o cargo de selecionador da Colômbia.

A própria FIFA confirmou ter recebido uma queixa de Queiroz contra a federação iraniana, relativa a uma «disputa contratual entre as duas partes».