O Wolverhamtpon recebeu e venceu neste sábado o Southampton por 2-0, em jogo da 7.ª jornada da Premier League e que contou com vários portugueses.

Ivan Cavaleiro entrou aos 77 minutos e pouco depois, aos 79m, inaugurou o marcador, depois de um passe do benfiquista Raul Jimenez. Jonny Castro, aos 87m, fez o 2-0 final. Do lado do wolves, Nuno Espírito Santo lançou na equipa inicial Rui Patrício, Rúben Neves, João Moutinho, Diogo Jota e Hélder Costa. Do lado dos saints, Cédric Soares foi titular no lado direito da defesa.

Já o Everton, de Marco Silva, alcançou a segunda vitória no campeonato, ao conseguir uma vitória gorda frente ao Fulham, por 3-0.

Sigurdsson falhou um penálti aos 52 minutos, mas quatro minutos depois redimiu-se e inaugurou o marcador para os toffees. Dez minutos depois, Tosun fez o 2-0 e Sigurdsson bisou para fechar a contagem aos 89m. Refira-se que André Gomes, ainda a recuperar de lesão, não foi opção para o técnico português.

Já o Manchester City, com Bernardo Silva a tempo inteiro, venceu na receção ao Brighton. Raheem Sterling, aos 29m, fez o 1-0 para os citizens, com Sergio Aguero a fechar a contagem aos 65m, segundos antes de dar o lugar a Gabriel Jesus.

Em Newcastle, o Leicester foi bater a equipa local por 2-0 com o português Ricardo Pereira no onze. Jamie Vardy fez o 1-0 aos 30 minutos, de penálti, e Maguire estabeleceu o resultado final aos 73m, após passe de Maddison. Adrien Silva, o outro português dos foxes, não foi opção para Claude Puel.

Em Londres, o Arsenal venceu o Watford em casa com dois golos nos últimos dez minutos. Cathcart, com um autogolo aos 81m, e Özil, dois minutos depois, desenharam o triunfo dos gunners.

Por fim o Tottenham bateu fora o Huddersfield com dois golos do suspeito do costume: Harry Kane, aos 25m e 34m fez os golos do conjunto orientado por Mauricio Pochettino.

Resultados e classificações da Premier League.