Macheda, o novo fenómeno de Old Trafford em vídeo

A precisar de ganhar para segurar o primeiro lugar da Liga, após a goleada do Liverpool, ao princípio da tarde, Ferguson apresentou algumas novidades no onze: Van der Sar ficou de fora, enquanto Evra e Cristiano Ronaldo começaram a partida no banco de suplentes. Rio Ferdinand continua afastado do leque de opções, enquanto Berbatov voltou e surgiu no centro do ataque, após debelar lesão, com a companhia de Rooney e Tevez.

O primeiro golo do jogo foi apontado por Paul Scholes, na sequência de um cruzamento de Rooney, aos 19 minutos. No entanto, um erro do guarda-redes Foster, na sequência de um cruzamento, permitiu a Jones fazer o golo da igualdade aos 55 minutos.

Naturalmente, Ferguson sentiu necessidade de mexer na equipa, lançando Ronaldo em jogo aos 67 minutos, para o lugar do coreano Park. Mas foi o jovem italiano Macheda, que rendeu Berbatov logo a seguir, a dar vantagem aos visitantes, num desvio afortunado a um remate de Carrick, de fora da área (76 m). Uma semana depois de ter dado a vitória sobre o Aston Villa, o jovem prodígio de 17 anos só precisou de um minuto em campo para ser novamente talismã.

O jogo arrastou-se até final sem mais novidades. Tempo ainda para Ferguson fazer entrar Anderson, saindo Tevez. Em campo nada de novo, no último encontro dos «red devils» antes da visita ao Dragão para a segunda mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões, jogo em que os actuais detentores do troféu precisam de marcar, depois do empate a dois golos em Old Trafford.

ManUtd: Foster; Gary Neville, Evans, Vidic e OShea; Park (C. Ronaldo, 67), Carrick, Scholes e Rooney; Berbatov (Macheda, 75) e Tevez (Anderson, 83m).

Suplentes: Kuszczak, Evra, Ronaldo, Anderson, Giggs, Nani e Macheda.