Tudo começou num erro de Van der Saar, que atirou a bola para a frente na sequência de um cruzamento de Gutierrez, colocando-a nos pés de Loverkrands. O avançado só teve que marcar. O golo abalou o Manchester United, que pouco depois podia ter sofrido o segundo num remate de Martins.

A partir dos quinze minutos, porém, o Man. United equilibrou o jogo e tornou-se mais perigoso. Aos vinte empatou mesmo, com um golo de Rooney após assistência de OShea. O golo da vitória chegou aos 55 minutos, através de Berbatov, que empurrou para o fundo da baliza uma jogada de Park.

Antes disso a equipa já tinha tido um penalty por assinalar, por mão na bola de Bassong, e viu também Vidic falhar a poucos metros da baliza. Depois do golo da vantagem, a equipa teve as melhores ocasiões e podia ter marcado o terceiro em duas ocasiões de Rooney, que complicou o que parecia fácil.

Ronaldo foi o único português em campo, sendo que Nani não esteve sequer no banco. O português esteve activo como sempre, mas pouco feliz. Sofreu muitas faltas e destacou-se por um remate perigoso, aos 34 minutos, e por ter arrancado um amarelo a Steve Taylor, num lance em que o lateral agrediu Ronaldo com uma cotovelada.

Ficha de jogo:

Newcastle: Harper; Taylor, Coloccini, Bassong e Enrique; Lovenkrands, Taylor, Geremi e Gutierrez; Obafemi Martins e Smith.

Suplentes: Krul, Cacapa, Butt, Ameobi, Edgar, LuaLua, Carroll.

Man Utd: Van der Sar; O Shea, Ferdinand, Vidic e Evra; Ronaldo, Park, Fletcher e Carrick; Berbatov e Rooney.

Suplentes: Foster, Anderson, Giggs, Scholes, Evans, Tevez, Eckersley.

Golos: Loverkrands (9m), Rooney (20m) e Berbatov (55m).

Com esta vitória, o Manchester United repôs a vantagem sobre Chelsea e Liverpool (os segundos classificados) em sete pontos. No quarto lugar mantém-se o Aston Villa, mas agora apertado pelo Arsenal. A equipa de Martin ONeil perdeu com o Manchester City (0-2) e permitiu a aproximação dos londrinos.

Nos outros jogos, destaque para a vitória do West Ham no terreno do Wigan, que lhe permite manter-se na sétima posição e num lugar europeu. Com West Ham no banco, os londrinos venceram com um golo de Cole, que acabou expulso. Destaque também para o triunfo do Stoke City, sobre o Bolton, que entregou a lanterna-vermelha ao Boro.

Resultados e marcadores da 28ª jornada da Premier League

Quarta-feira

Newcastle-Manchester United, 1-2

(Loverkrands,9m) (Rooney,20m; Berbatov, 55m)

Manchester City-Aston Villa, 2-0

(Elano, 24m,g.p.; Wright-Phillips, 89m)

Wigan-West Ham, 0-1

(Cole, 34m)

Stoke City-Bolton, 2-0

(Beattie, 14m; Fuller, 73m)

Blackburn-Everton, 0-0

Fulham-Hull City, 0-1

(Manucho, 90m)

Tottenham-Middlesbrough, 4-0

(Keane, 9m; Pavlyuchenko, 14m; Lenon, 40m e 79m)

Terça-feira

Portsmouth-Chelsea, 0-1

(Drogba, 79m)

West Bromwich-Arsenal, 1-3

(Brunt, 7m) (Toure, 38m; Bendtner, 4m, 44m)

Liverpool-Sunderland, 2-0

(NGog, 52m; Benayoun, 65m)