red devilsMaisfutebol

Fundado a 1 de Maio de 2002, o ManUtd Portugal bebe a sua criação na «paixão pela identidade» do gigante de Old Trafford. «Nos finais da década de 80, comecei a ver alguns jogos do campeonato inglês na televisão. Tomei contacto assim com o Manchester United e percebi que é um clube diferente. Os anos passaram, viciei-me na cultura e na forma de estar do clube, até que em 2002 surgiu este nosso grupo de fãs portugueses.»

«Não é só o dinheiro, os grandes jogadores ou os resultados. Bem antes do Manchester United começar a ganhar, já eu me sentia completamente conquistado pela imagem do clube», acrescenta Ricardo Valente que, apesar da dedicação, nunca teve a possibilidade de ir a Old Trafford.

«As minhas obrigações profissionais impedem-me de sair do país. Mas espero estar no Estádio do Dragão, para a segunda-mão. Eu e os meus amigos já fizemos o pedido dos bilhetes e queremos ir ao Porto celebrar com a nossa equipa.»

Os privilégios de um apaixonado

Não deixa de ser, estranho, convenhamos, que um jovem português coloque o Manchester United acima de qualquer clube de Portugal. Confrontámos Ricardo Valente com esta situação e o líder dos red devils lusitanos apresentou a sua tese.

«Simpatizo com o Belenenses, o Benfica e o Estrela da Amadora desde pequeno. Mas é um sentimento incomparável ao que nutro pelo Manchester United. Talvez por ser um admirador do campeonato inglês, olho para a liga portuguesa com distanciamento.»

Ricardo Valente tem contactos assíduos com a administração do ManUtd, faz questão de acompanhar qualquer representação dos ingleses que venha a Portugal e alimenta-se do orgulho que esse reconhecimento lhe proporciona.

«Todos os dirigentes, técnicos e jogadores do Manchester United sabem que existe um grupo organizado de adeptos em Portugal. Temos acesso a merchandising oficial do clube a preços reduzidos e facilidade de acesso aos bilhetes para os jogos da Liga dos Campeões.»

O prognóstico de um red devil: 2-0

Ainda que a uma distância que «estimula o desejo», Ricardo Valente não perde um jogo que seja dos actuais campeões da Europa. Conhece, por isso, como ninguém a equipa e deixa a sua antevisão ao que se poderá passar na próxima terça-feira em Old Trafford.

«Acredito num jogo equilibrado, isto se o Jesualdo Ferreira não for com receio, como sucedeu contra o Arsenal. O United vem de duas derrotas, tem muitos lesionados e não está tão consistente como já esteve este ano. Mas em casa, é certo, não costuma facilitar. Aposto num 2-0.»

Já no Dragão, Ricardo Valente aguarda «muitas dificuldades» para o seu clube do coração. «Não nos damos muito bem com equipas latinas. O Alex Ferguson põe a equipa a jogar de forma diferente fora de casa, só com um avançado. Em Portugal o ManUtd será muito mais cauteloso, com certeza.»