«Se ele vier dizer-me que cometeu um erro, ficaria encantado», afirmou Maradona, em declarações à Fox Sports: «A minha prioridade é a equipa nacional, a camisola da Argentina está acima do resto.»