«De manhã só estou bem na caminha» foi fama que nunca esperou trazer de Pequim e com a qual aprendeu a lidar. Seis meses depois do julgamento público, o atleta do Sporting, em entrevista ao Maisfutebol, recordou o mau momento por que passou.

«Para o bem e para o mal, nunca hei-de esquecer este período que me fez crescer bastante», garantiu.