André Sousa Martins

A dupla de centrais habitualmente titular neste arranque de campeonato não surgiu no relvado na tarde desta quinta-feira.

Na primeira sessão do dia, realizada durante a manhã, Igor Rossi ainda efectuou corrida ligeira, mas, à tarde, juntou-se a Márcio Rozário, compatriota e colega de sector, tendo ambos cumprido um programa especial de gestão de esforço.

A ausência dos defesas brasileiros não é, ainda assim, preocupante, já que os dois devem integrar o lote de opções de Pedro Martins para o jogo-treino com a equipa B, agendado para amanhã, pelas 10:00, no Estádio dos Barreiros.

Em sentido contrário, o último passageiro da nau madeirense, Theo Weeks Lewis, já treinou integrado com os restantes companheiros, sendo, no final do dia, entregue ao preparado físico, António Manuel, que submeteu o internacional liberiano a horas extra.

João Luíz continua a cliente do departamento clínico verde-rubro, a contas com o entorse no tornozelo esquerdo, e, por isso, permanece de fora.

João Diogo diz-se preparado

O castigo de Briguel, expulso na com o Olhanense, abre as portas da titularidade a João Diogo. O madeirense ainda não foi opção de Pedro Martins e tem sido um reforço importante para Ivo Vieira na equipa B. Nada que perturbe o defesa que está pronto para responder logo que seja chamado.

«Ainda não tive possibilidades de jogar pela equipa principal, vou-me esforçar para isso porque o importante é continuar a trabalhar para responder bem quando for chamado», sublinhou João Diogo em declarações à Marítimo TV.