Certo é que o Marítimo, na estreia de Carlos Carvalhal, reentrou na luta por um lugar europeu, estando a apenas três pontos do quinto lugar. Foi por isso uma estreia bem conseguida do novo treinador, curiosamente na recepção à equipa que o ano passado orientou com tanto sucesso (ganhou a Taça da Liga e garantiu um lugar na UEFA).

A vitória começou a ser construída nos primeiros vinte minutos, com golos de Robson na própria baliza (16 minutos) e Baba (19 minutos). O senegalês partiu para uma noite gloriosa, fazendo um hat-trick: voltou a marcar aos 44 e aos 58 minutos, dois golos após excelentes assistências de Marcinho. Marcinho marcou aos 66 minutos e Michel fechou a contagem no último segundo de jogo.