«Foi uma honra estar nesta disputa, novamente, entre os três melhores jogadores da Europa. Há tantos grandes jogadores do mundo e é um grande prazer estar lá, mas ele [Ribéry] mereceu ganhar o troféu», disse Messi ao site da UEFA.